Skip to main content

[Opiniões] - "Jogos Secretos", de Jill Mansell



"Celeste chegou dez minutos depois, quando Suzy se preparava para sair. Agarrou na mão de Suzy e encostou-a à sua.
- Estou só a comparar diamantes - gabou-se Celeste. - Oh, olha para isto, quase tão grande como o meu!
Suzy resistiu ao impulso de lhe dar com ele no nariz.
- Agora vamos comparar cérebros - disse ela a Celeste. - Oh, céus, que pena! Não chega perto do tamanho do meu!"

 

Sinopse
Suzy Curtis é a miúda que tem tudo: emprego de sonho, Rolls Royce vermelho e uma arrebatadora estrela de rock como ex-marido. Mas há dias em que nem ela devia sair da cama: ao tentar desesperadamente fugir a uma multa por excesso de velocidade, conhece Harry e vê-se numa alhada que envolve uma amostra de esperma, um polícia e um copo de batido do McDonald’s.
Harry não é propriamente um caso de amor à primeira vista, mas é um caso sério de atração sexual. O que não vem nada a calhar pois a mãe de Suzy acaba de falecer deixando-a a braços com um segredo de família que promete mudar toda a sua vida…
Com Jill Mansell, o amor nunca é simples nem fácil. Mas é sempre divertido e inesquecível!




Opinião
Não me recordo se li alguma opinião deste livro, mas a capa, o título e a sinopse fizeram-me sonhar e comprar o livro quase a correr. A capa, porque apesar dos tons fortes, é bastante atractiva. Não sei se conseguiram reparar, mas a capa tem uma borboleta no canto superior direito (já vos disse que gosto de borboletas? Hum… acho que não se nota nem nada…) O título, porque tem uma conotação quase malandra e aguça-nos a curiosidade. E a sinopse, porque… bom, já leram a sinopse? Rolls Royce vermelho, ex-marido-estrela-rock, amostra de esperma e copo de batido?? Oh boy, isto promete, pensei eu. E prometeu bem. 

Mansell começa logo a matar na primeira frase. Tem uma escrita fluida, as personagens têm personalidades atractivas e vincadas. Todas são diferentes e algumas enganam numa primeira leitura, durante a qual inevitavelmente estereotipamos face ao que conhecemos. 

Fiquei desagradada apenas com um pormenor. Acho que pode ser considerado *não spoiler*. Existe uma reviravolta na história que faz com que a relação de Harry e Suzy arrefeça. Achei exagerado todo o mediatismo que se criou à volta de Harry. Desculpem, para ilustrar a minha opinião negativa, tenho de dizer… *Alerta de Spoiler* quer dizer, o Polícia, Harry, salva dois miúdos e é considerado um herói em grande escala? E depois é jornalistas, é revistas, é casamento marcado, tudo ao molho e fé em Deus?? *Fim de Spoiler* Achei exagerado. Engraçado, mas um bocadinho too much

Apesar disso, dei valentes gargalhadas durante a leitura. As personagens são magnéticas e os diálogos…? Oh boy… Não ficamos um segundo entediados. A passagem que coloquei no início deste post foi uma das partes mais engraçadas que li (uma das, há muitas mais!), não consegui parar de rir! Podem estar a perguntar-se quem é a Celeste. A Celeste é a actual companheira do ex-marido-estrela-rock!.

O segredo de família que a mãe de Suzy lhes deixou é realmente um ingrediente indispensável na história, pois fica tudo interligado. 

Em paralelo às aventuras e desventuras de Suzy, a história apresenta-nos vários romances entre as outras personagens que a compõem. Não vou mentir, torna-se previsível, em certo ponto, mas ficamos a torcer até ao fim para vermos confirmadas as nossas suspeitas! 

É um romance dotado de muita ironia e comédia. É absolutamente deslumbrante. Foi uma estreia (outra este ano!) e adorei.

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?