Skip to main content

[Opiniões] - "O Verão dos Segredos", de Alison Lucy

“…nunca nos conseguimos sentir completamente livres se não desistirmos do amor. E isso é a diferença entre a liberdade e solidão. A solidão significa que ainda acreditas no amor.”


Sinopse
1989
Os recém-casados Danny e Harriet chegam à sua paradisíaca lua de mel nas Caraíbas. Dias depois, Harriet regressa a casa. Danny fica destroçado, mas encontra consolo nos braços de duas mulheres. Nove meses depois, nascem três meninas...

2010
Megan deixa o seu namorado de infância para trás no Reino Unido e vai em busca do pai há muito perdido. A quilómetros de casa, encontra a tentação em cada esquina.
Esmé, uma beldade mexicana, casou com Miguel aos quinze anos. Ao desvendar os segredos do seu passado, poderá libertar-se dos grilhões do casamento forçado?
Claudia levou uma vida de privilégio, mas nunca soube realmente o que era ser amada. Poderá David ser a resposta?
 






Opinião

Assim que li a sinopse e vi a capa, soube que tinha de o ler. Gritava tanto a “Verão” e a romance, que a espera se tornou quase insuportável. Mas consegui integrá-lo nas leituras de Setembro, finalmente. E adorei!

Tem um início forte e atractivo… quer dizer, lua-de-mel nas Caraíbas? Querem melhor que isto? E, quando a Harriet volta para casa, Danny ainda se mete com duas beldades! Estes homens… 

*Não há spoilers*

Megan… certamente que a procura pelo pai evolui para algo mais, talvez, a própria identidade.

Esmé… é a típica beldade, por quem os homens suspiram e as mulheres invejam. Gostei muito da sua personalidade forte e irreverente. Teve um longo caminho, cheio de avanços e recuos até conseguir alcançar o seu objectivo.

Claudia… é de longe a personagem feminina de que mais gostei. Apesar de ser mimada e habituada a regalias, gostei muito da sua personalidade, igualmente forte, mas doce. Vou responder à pergunta retórica referida na sinopse – sem spoiler, descansem! – David, certamente, será a resposta, mas não da forma que poderão estar a pensar! Só digo que, quem sai aos seus…

Houve uma relação amorosa entre dois personagens da trama que me deixou com pele de galinha de tão arrebatadora que era. No início nada indiciava para isso, mas depois a linha entre o amor-ódio tornou-se demasiado ténue até se quebrar. Não vou revelar os protagonistas deste romance (in)esperado, senão perdia a graça e vocês ficariam a saber demais!

O enredo é apaixonante e as personagens atraem-nos quase de forma magnética. A escrita é extremamente perceptível e fluída, tanto que a sua leitura é bastante rápida e mal damos pelo tempo passar. Adorei as descrições dos locais -adorava ir ao México – e, principalmente, da gastronomia! Mnhami… Bom, sem devaneios culinários!

Admito que a partir de uma certa altura, tornou-se um pouco previsível, mas fiquei agradada por essa previsibilidade ser, ao fim ao cabo, imprevisível. As últimas páginas foram bastante agradáveis de ler, por ver confirmado aquilo que ansiava que acontecesse. 

É um romance perfeito para o verão, é envolvente e sedutoramente apaixonante, que nos faz querer agir de forma impulsiva e partir à descoberta do mundo e… de nós próprios. Aprovadíssimo, Alison, venham mais!

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?