Skip to main content

[Opiniões] - "Sedução", de Bella Andre

 Sinopse aqui.

 

Opinião
Este livro tem muito que se lhe diga. É pequeno, é certo, mas interessante.

O livro, em si, tem tanto de história como de cenas eróticas. Basicamente, e podem comprovar pela sinopse, trata-se de dois escritores de romances eróticos. Um é veterano, Charlie, e a outra é uma iniciada, Candance, que fazem um pacto entre si. O objectivo era que o primeiro ensinasse à segunda cinco lições de escrita relativamente a romances sensuais. O livro é alternado com pequenas passagens das histórias criadas pelos protagonistas no auge da criatividade, que é como quem diz, após cada lição ter sido dada como concluída.Os dois acabam por se envolverem e é fácil imaginar em que direcção segue o resto do livro...

Li opiniões mas, como sempre, esqueci-me delas... Servem o seu propósito, na altura, que é fazerem-me ficar sequiosa por livro x e y ao ponto de o desejar ler e, quiçá, comprar, mas a verdade é - e até é uma coisa boa, pois assim escrevo a opinião sob a máxima 'tábua rasa' - esqueço-me delas assim que leio o livro e me preparo para escrever a minha própria opinião. Ai, esta memória... 

Em relação ao estilo à tradução, tenho dois pontos a referir. Primeiro, o estilo de linguagem não é escandaloso por aí além, tem expressões que podem ser fortes para alguns, but they'll live. Tem, contudo, frases enormes, o que me desconcertou ali o sistema. As descrições dos actos sexuais não são muito longas e, deleitem-se (que após o Grey e coisas assim, até é uma coisa boa) são variadas. Algumas expressões fizeram-me rir (mas a bom rir, atenção!), como "piça", "cona", "coninha" e por aí fora. O que me leva ao segundo aspecto: a tradução. Não sei se eles fizeram confusão, se estava mesmo assim no original, mas uma coisa é os protagonistas (que também são escritores de romances eróticos) escreverem a sua história e utilizarem linguagem ordinária pura. Outra coisa é a autora escrever a história entre Charles e Candace, cujo estilo de escrita devia ser muito diferente dos excertos criados por eles.  Fui confusa ou ficou perceptível? Pelo menos, em relação às expressões que substituem vagina, pénis, clitóris, etc, etc... Não ficou consistente, ora era "piça", ora "pénis"... Uma coisa é as personagens escreverem os seus romances, outra é a autora escrever o seu. Outro ponto, ainda em relação à tradução, leva-me à revisão. Confusão de verbos... houve muita confusão! Houve imensos verbos que não me soaram bem. 

Por fim, o final foi muito rápido, acabou depressa demais e dei por mim a passar as imagens na minha mente a uma velocidade vertiginosa. É que estava mesmo a gostar da história, caramba! Logo na altura em que estava mais entusiasmada, pimbas, a autora corta logo a acção toda. 

Fora isso, gostei deste romance erótico. Lê-se em poucas horas e, com as expressões que mencionei em cima, ri como se não houvesse amanhã (e... oh, como eu precisava de rir!). Quando disse que se lê em poucas, são mesmo poucas. Sou super lenta a ler e li em menos de duas horas, o que, para mim, foi muito bom. É muito bom! (Eu não disse que tinha dificuldade com os verbos? São o meu calcanhar de Aquiles).

Comments

  1. Anda uma vaga de livros eróticos a invadir Portugal ou é só impressão minha? :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim, invadiu e parece que veio para ficar.

      E desde que coloquem um selinho nos livros a dizer "Se gostou de Grey, vai adorar este" as mulheres ficam loucas e vão a correr comprar! Não fosse a trilogia Grey uma das mais vendidas em Portugal, pelo que apurei.

      Este não comprei, emprestaram-me, mas já ando a ficar farta de ver esses 'slogans' (acho que dei uma calinada agora). Não havia necessidade, mas enfim :)

      Estes romances sempre são levezinhos e dá para desenjoar dos géneros que mais lemos!!

      Delete

Post a Comment

Deixa aqui as tuas epifanias ^^
A gerência agradece :)

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?