Skip to main content

"O Intruso" | Carina Rosa

Autor: Carina Rosa
Título: O Intruso
Editor: Chiado
Publicação: Novembro | 2012
Sinopse: Aqui
Cotação

~ Opinião ~

Este livro foi-me ofertado pela própria autora, a quem muito agradeço, nos meus anos, em Abril. Mas tirem o cavalinho da chuva se estão a pensar que a minha opinião foi influenciada por isso! 

Vamos lá! Capa e sinopse. A capa é relativamente apelativa e misteriosa, gostei imenso. A sinopse, sinceramente, não faz jus ao conteúdo; não gostei nada. Reconheço o quão difícil é fazer sinopses e duvido que conseguiria fazer melhor, mas uma editora deve saber fazer mais do que eu.

O início da leitura foi lento. A escassa recorrência ao diálogo levou-me a perder o interesse nas primeiras páginas, mas continuei a leitura até porque gostei da escrita.

A nível de escrita, apesar de ter gostado, tem alguns erros, coisa pouca, mas eles existem e podem atrasar a leitura. Certas frases não me fizeram sentido, como por exemplo “Olhou ao relógio.”.  Também não gostei das frases muito pequenas, já disse à autora, creio que isso cortou o ritmo de leitura e pode ter sido também por isso que as primeiras páginas me custaram.

A premissa da história é interessante, a acção é passada no Algarve, uma zona onde fui passar férias algumas vezes. Curioso como não vejo muitos livros de autores portugueses com acção no Algarve! 

Como sou uma moça do contra, vou dizer que gostei do Rodrigo, embora tenha tido pouco tempo de antena. Gostaria que a autora nos tivesse mostrado mais dele, do seu ponto de vista, ao longo da história. A complexidade da personagem poderia ter sido mais sentida assim. Eu senti, porque sou uma medricas. Confesso que não senti muita empatia com o Martim, o homem por quem Sara se apaixona na nova etapa da sua vida. Com Sara, já foi diferente, senti empatia, mas mesmo assim podia ter sentido mais. Eu sei, sou uma insensível! Curiosos? Experimentem ler!

Gostei do final, não quero spoilar nada, é o tipo de final que gosto, mas penso que tenha sido demasiado. Já perguntei à autora se iremos ter continuação. Gostava tanto de saber mais sobre a Sara e o Martim depois daquele final. E o Rodrigo também, vá. 

A autora acrescentou uma pitada de sobrenatural neste romance, que pode não ser bem recebido pelos leitores, mas eu gostei imenso, porque é, efectivamente, a minha onda não fosse o Fantástico o meu género predilecto, mas quero deixar bem claro que não acho que este livro se insira nesse género. 

Para concluir, frases maiores (mas sem exagero), mais parágrafos, mais diálogo, menos repetições, maior desenvolvimento das personagens e a autora estará no ponto. Penso que ainda tem muito para dar e mostrar e este foi apenas o primeiro. Atribui-lhe 3,5*. Carina, ‘cadê’ o segundo volume, hã? :D  

Comments

  1. Obrigada pela opinião, Ivonne! Ainda bem que gostaste! Vou esforçar-me para fazer sempre mais e melhor :)

    ReplyDelete

Post a Comment

Deixa aqui as tuas epifanias ^^
A gerência agradece :)

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?