Skip to main content

Best of 2013 - Versão Literária

Este ano nem sequer tenho um TOP 5. Sem qualquer ordem de preferência, os melhores de 2013 foram:


Comecei este livro no fim de 2012 e só o terminei em Abril deste ano. 'Arrumei-o' em 3 ou 4 dias. E foi das melhores leituras que tive, foi daqueles em que fiquei a ressacar. Surpreendeu-me pela positiva, ainda mais por ser de uma autora portuguesa. Sim, é verdade. Existe um estigma muito grande, mas felizmente já começa a mudar.  Em breve, teremos nas bancas mais um da autora. Espero eu. 




Sherrilyn Kenyon foi uma surpresa agradável. Tinha algum receio de não gostar devido às sagas de P.C. Cast (A Casa da Noite, por exemplo) e de Kim Morrison (Série Rachel Morgan), mas não tem nada a ver. Li 13 livros antes deste querido e dourado Acheron,  editados pela Saída de Emergência. Este foi publicado pela Casa das Letras e só tenho a dizer: Obrigada! Óptima tradução! 


Assim que pus os olhos na sinopse deste livro, soube que tinha de o ler. Li-o em ebook e foi uma leitura rápida. Agradável, mas tormentosa. É interessante ver o crescimento das personagens e o rumo que tomam desde a primeira página até à última. A temática das queimaduras e da fama mexem comigo. Um sorriso nem sempre é feliz... Existem vidas tão diferentes... e foi isso que me fez apaixonar por este livro. 

Foi o primeiro que li desta autora e o primeiro, em muitos meses, do género. Li-o num dia, em pleno Agosto, para uma Maratona Literária. Só o nome anuncia algo divertido e as expectativas ficam logo elevadas. É um romance fofinho, que nos faz passar algumas horas com um sorriso nos lábios. A ASA vai publicar os restantes, pelo menos o próximo já no início de 2014 e aguardarei com muita ansiedade até lá para seguir a vida dos restantes irmãos da Família Bedwin.
Leituras muito diferentes, como podem ver. Um foi de uma autora portuguesa, paranormal/fantasia urbana, outro foi do mesmo género mas de uma autora estrangeira. Um romance de época/histórico e um romance. 

E por aí, que leituras guardam na memória e no coração?

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?