Skip to main content

"Prazer Ardente" - Série Wallflowers 4# - Lisa Kleypas

Prazer Ardente

Opinião

Devo dizer que assim que li as minhas prendinhas – o 2# e 3# desta série – tive de ir correr (literalmente) comprar o último.
É a primeira vez que refiro isto – mais tarde do que nunca, sempre ouvi dizer – mas os títulos em português, como poderão verificar, nada têm a ver com os originais. De certa forma, dão aquele ar de erótico ao conteúdo, juntamente com as capas discretas, quando o erotismo é apenas um dos ingredientes destes livros. Por exemplo, este é Scandal in Spring. O terceiro é Devil in Winter, o segundo It Happened one Autumn e o primeiro Secrets of a Summer Night. Gosto bastante de como os quatro conjugam as quatro estações e revelam bem as facetas das protagonistas a que se destinam. Mas, pronto, erótico parece ser o que vende… adiante.
Este volume refere-se à querida e irrequieta Daisy Bowman, uma americana em terras londrinas, e a Matthew Swift, um parceiro de negócios americano de Mr. Bowman, pai de Daisy.
É engraçado quando a predisposição nada influencia a opinião de uma pessoa… Não, deixem-me reformular, porque de certa forma até influenciou e muito. É engraçado quando a predisposição cria um ambiente de humor entre duas pessoas, principalmente quando essa predisposição para ceder é negativa de uma das partes apenas por teimosia. Foi isso que aconteceu com Daisy e Matthew. Este, habituado a ver Daisy sempre que ia jantar à casa da família Bowman, desenvolveu um encanto pela mocinha, mas claro… em início de carreira e tendo a bagagem emocional que Swift tinha era complicado uma aparência de cortar a respiração – uma aparência que, mais tarde, conseguiu e foi como virar a Daisy do avesso para admitir a verdade.
Daisy é a mais novinha – por acaso pensei que o quarto livro se destinasse a Evangeline, mas ainda bem que não – a mais ingénua, uma alma rebelde.
Neste livro ainda revisitamos as relações de Annabelle, Lilian e Evie, mas mais da irmã de Daisy, Lilian, que está em fim de gestação e que proporciona, juntamente com o marido, Lord Westcliff, momentos hilariantes… eu, pelo menos, gargalhei como há muito não ria – que mentirosa! Ainda nos outros dois me ri feita parva…
Não destronou o 2# e 3# como meus favoritos, mas sem dúvida que foi um livro igualmente bom. O facto é que não fixei muito da Daisy – também é verdade que a velocidade a que leio, pouca coisa fica, mas é perfeitamente compreensível… eu não consigo ler mais devagar! Estes livros são tão, tão bons…

Este volume encerra assim a série das Wallflowers (em português: À Flor da Pele). Lisa Kleypas, refiro uma vez mais, assegurou um lugarzinho de destaque na minha estante e no meu coração. Ingredientes como romance, paixão, humor, personagens credíveis, boa contextualização histórica, etc, etc são irresistíveis para um leitor amante deste tipo de literatura. 
10.04.2014 
4,5*

Comments

Popular posts from this blog

Contos| 5 ideias para escrever

Depois de um mês que foi um D E S A S T R E, surge Março com a luz ao fundo do túnel. 
Ainda estou doente, mas se não me puser de pé o corpo e a mente habituam-se ao bem bom da caminha e não pode ser. Chega de mandriar. De pé, decidi escrever. Como se uma coisa tivesse a ver com a outra...
Eu repito: decidi escrever. Em 2013 terminei o meu primeiro draft e fiquei com menos um esqueleto na gaveta com a promessa de reduzir os restantes. Em 2014, peguei-lhe e dei-lhe uma volta de 180º, integrei muitas coisas, novas situações, personagens, twists, mas... achei que ME faltava algo enquanto escrevinhadora, talvez mais experiência como leitora. Vai daí, deixei as ideias em lume brando e dediquei-me à leitura; li de tudo, li muito, li livros pequenos e grandes, em português e inglês, físicos e e-books. 
Em 2015, propus-me a terminá-lo. E quem anda nas ruas do editanço e etc e tal, sabe como funciona. Aiiii, que isto está tão bom. Hãããn qu'é que andaste a beber?!?! Está horrível! Fui eu que e…

"A Grande Revelação", de Julia Quinn

Goodreads
Opinião
Quando se trata de Julia Quinn, não consigo ser imparcial. Não, correcção: não sei ser imparcial. Para falar a verdade, não que o seja nos outros livros que leio, mas com esta autora é diferente.
Este livro é especial, por muitos motivos. Um deles é ter revelado o GRANDE segredo que é absolutamente fenomenal. Ainda outro prende-se pelo dom que ambos os protagonistas têm em comum. Um gosto que também é o meu... e não, não vou dizer qual é porque seria um spoiler de todo o tamanho. Esperei muito tempo – talvez umas duas semanas para comprar o livro que eu pensava que sairia a dia 27 de janeiro, e mais duas semanas para comprá-lo efectivamente depois do lançamento - mas, puf, isto não é nada certo? Nada, comparado com os meses que ficarei à seca à espera do 5#, oh dear Lord…Focando a história, que isso é que importa, tinha muitas expectativas sobre ela. Quando lemos um ou dois livros de uma dada autora, ainda é como a outra. É novidade e, por gostarmos tanto, tanto, tanto,…

yWriter

Nota aos LeitoresDecidi partilhar algumas dicas, programas, sites, etc que me têm ajudado a desempenar na escrita. Incrível foi eu já ter este post escrito e agendado e alguém me dizer: tenta usar a escrita e o blogue como "testemunho" e não como "confidência". Por isso, eis-me aqui... com uma dica que me tem realmente ajudado! 
 *

Utilizo este programa há uns anos e só tenho coisas boas a dizer!

O que é yWriter?